Acusado de assassinar vereador será transferido para presídio

Jailson foi apresentado na sede da SSP-PI e chorou muito.

Jailson de Sousa Xavier, preso na última sexta-feira (14) acusado de assassinar Antônio Aristides de Carvalho, o "Tote", então presidente da Câmara de Vereadores de Esperantina, em agosto deste ano, foi apresentado na sede da Secretaria de Segurança Pública do Piauí e será levado para Penitenciária  do município, no Norte do Piauí, onde ocorreu o crime. 

Em um vídeo gravado após a sua prisão, o acusado confessou que foi o responsável pela morte do vereador  do município. “Eu estava indo me entregar, não ia passar a vida toda fugindo, ia me entregar pelo assassinato do Tote”, afirmou.

O delegado Leonardo Alexandre afirmou que o criminoso estava sendo monitorado durante todo o tempo após o crime.

“Depois do caso no dia 28 de agosto ele empreendeu fuga para Brasília em seguida Minas Gerais, conduzimos a investigação com apoio da delegacia de Matias Olímpio e da inteligência da Secretaria de Segurança e conseguimos identificá-lo na cidade de São Francisco em Minas Gerais. Na semana passada tivemos a informação que ele estaria retornando para Teresina em um ônibus e montamos uma operação para interceptá-lo no meio do caminho”, declarou.

Segundo Anchieta Nery, delegado de Matias Olímpio, o trabalho foi intenso até a localização do acusado. “Foi um esforço de muitas unidades, tanto da Polícia Militar como da Polícia Civil. É importante que a sociedade saiba que a Polícia Civil não dorme, foi um trabalho muito intenso até conseguir localizá-lo”, disse.

Jailson de Sousa Xavier ( Camisa vermelha e boné) (Crédito: Divulgação)
Jailson de Sousa Xavier ( Camisa vermelha e boné) (Crédito: Divulgação)



Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com