Acusado de matar namorada do rival por vingança se entrega

Adolescente foi morta no lugar do namorado, alvo do acusado.

João Alves Maciel Neto, de 27 anos, acusado de matar a adolescente Thais Naira Menezes Gomes, de 17 anos de idade, assassinada com pelo menos quatro tiros de arma de fogo no dia 27 de junho na rua Jaime Rosa, bairro Maravilha, no município de Altos,  se entregou no 14º Distrito Policial da cidade na tarde de ontem, quarta-feira (05). 

De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, João Neto praticou o crime juntamente com um comparsa ainda não identificado. Os dois chegaram ao local em uma motocicleta e queriam matar o namorado da vítima, identificado por Eduardo Alcides de Sousa, vulgo “Júnior Quandu”. 

João Alves Maciel Neto (Crédito: Divulgação)
João Alves Maciel Neto (Crédito: Divulgação)

Thaís teria entrado na frente do namorado para evitar que o rapaz fosse atingido, mas acabou alvejada pelos disparos de arma de fogo.  “Júnior Quandu” foi baleado no braço, mas conseguiu escapar e está fora de perigo. Ele já tem passagem por tráfico de drogas. 

O delegado Lucy Keiko, que investiga o caso, informou que os levantamentos apontam que  a motivação foi vingança. Segundo o delegado, João Neto teria ficado enfurecido após Eduardo o 'dedurar. 

A polícia agora trabalha para identificar o segundo acusado, que segue foragido. Em uma das últimas postagens feita no Facebook, Thais pediu a Deus para proteger sua felicidade [com seu namorado], pois segundo a mesma ela ofenderia muita gente. Em outra, marcava o namorado e oferecia ajuda.

Eduardo Alcides de Sousa, vulgo “Júnior Quandu” e a namorada Thais Naira Menezes Gomes (Crédito: Reprodução)
Eduardo Alcides de Sousa, vulgo “Júnior Quandu” e a namorada Thais Naira Menezes Gomes (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte