Acusado de matar rival foge do distrito 9 horas após ser preso

O caso aconteceu em Campo Maior.

No início dessa madrugada de sexta-feira (11/11), mais quatro presos, considerados perigosos conseguiram fugiram da carceragem da Delegacia Regional de Campo Maior. Um deles, identificado apenas como Peba, acusado de homicídio, tinha sido recapturado nove horas antes de conseguir escapar.

 Além dele também fugiram outros três identificados como Batata (que responde por homicídio e tráfico de drogas), Carlos (acusado de roubo) e Sapão (que responde por agressão). Os três conseguiram fugir após furarem buraco na cela.

Batata, que é condenado por homicídio, é um dos presos da operação Sete Cidades, que prendeu oito pessoas acusadas por tráfico de drogas e contou com a participação até do secretário de segurança, Fábio Abreu.

Os policiais que trabalham no distrito, por causam das constantes fugas, já se manifestam que estão desmotivados e revoltados, já que consideram o trabalho que estão realizando em vão.

“Tanto esforço, realizando investigação, para nada, porque quando a gente prende um criminoso as penitenciárias não oferecem vagas pra receber o preso e ai temos que mantê-los nessas celas frágeis da antiga delegacia”, disse um policial.


Fonte: Com informações do Portal de Campo Maior
logomarca do portal meionorte..com