Após assalto em coletivo, vítima flagra ladrão bebendo em praia

Homem entrou em um ônibus, assaltou os passageiros e fugiu

Um jovem foi preso na praia de Amaralina, em Salvador, após assaltar um ônibus na Barra, orla da capital. Anderson Nunes Ponciano, de 21 anos, entrou em um ônibus no Porto da Barra, assaltou os passageiros e fugiu em um táxi que, segundo a polícia, estava dando cobertura ao criminoso. O veículo usado pelo assaltante é clonado.

Image title

De acordo com a Polícia Civil, uma das vítimas passou pela praia e flagrou os criminosos bebendo cerveja. O homem acionou uma guarnição da 40ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), do Nordeste de Amaralina, que realizou a prisão em flagrante do assaltante.

O jovem foi conduzido para o Gerc (Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos), onde as vítimas prestaram queixa e reconheceram o assaltante pelas tatuagens no peito e no pescoço.

Ainda segundo a polícia, Anderson assaltou o coletivo pela manhã e à tarde foi à praia, onde foi flagrado por uma vítima. Anderson chegou a roubar os óculos de grau de uma criança. Anderson confessou que cometeu o assalto devido a falta de oportunidade. — É a crise.

Contudo, a polícia informou que o jovem tinha diversas passagens quando era menor de idade e costuma praticar assaltos a coletivos. Ele tinha sido preso 25 de fevereiro, após assaltar um coletivo. Ao ser questionado sobre a quantidade de assaltos cometidos, o homem debochou: “Eu contar? Contar assaltos? Mil assaltos!”

Anderson foi conduzido para delegacia com outro homem que, ainda segundo a polícia, é suspeito de envolvimento no crime. Mas, o homem afirmou que foi sacar o Bolsa Família do filho, passou na praia e seguia para casa quando encontrou Anderson e foram surpreendidos pela PM (Polícia Militar).

— Ele vai segurar a onda dele lá. Eu não entro em nada não. Afirmou que tinha vindo do banco e tinha o recibo da operação. O outro rapaz vai ser ouvido e investigado. A polícia contou que o homem teria confessado que já cometeu assaltos no passado, mas não teria envolvimento no assalto a ônibus.

Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com