Após decisão, Moaci Moura tem prisão preventiva revogada

O acusado de provocar o acidente vai ser liberado da Custódia.

Moaci Moura da Silva Júnior, acusado de atropelar e matar os irmãos Bruno Queiroz e Francisco das Chagas Júnior teve sua prisão preventiva revogada pelo Tribunal de Justiça do Piauí. Moaci  Junior havia sido preso no dia 24 de outubro após decisão unânime do colegiado composto pelos desembargadores Edvaldo Pereira de Moura e Pedro de Alcântara da Silva Macedo que presidiu o julgamento.

Com sua saída, Moaci não poderá dirigir e terá de se recolher das 21h até às 05h, não podendo assim frequentar bares, boates e similares. Comparecer mensalmente perante o juiz no Centro de Assistência ao Preso Provisório.

No acidente ocorrido no dia 27 de junho deste ano, na avenida Miguel Rosa, também foi vitima o jornalista Jader  Damasceno, que ficou em estado grave. De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística do Piauí, Moaci dirigia a cerca de 100km/h onde o permitido era 60km/h e ainda ultrapassou o sinal vermelho do local.


Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com