Autorizado envio de apoio federal para presídios do AM, RO e MT

Os três estados pediram ajuda para conter crise nos presídios.

Neste domingo, dia 08, o Ministério da Justiça informou, através de sua assessoria, que o titular da pasta, ministro Alexandre de Moraes, autorizou o envio de apoio federal para os três estados do Amazonas, Rondônia e Mato Grosso, que pediram ajuda do governo para conter crise nos presídios.

O governo amazonense pediu ao Ministério da Justiça apoio da Força Integrada de Atuação do Sistema Penitenciário – vinculada ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) –, que atua no ordenamento de unidades prisionais. A solicitação foi feita depois de notificação do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

Alexandre de Moraes (Crédito: : Adriano Machado/Reuters)
Alexandre de Moraes (Crédito: : Adriano Machado/Reuters)

Os procuradores de Justiça encaminharam ao governador amazonense José Melo (PROS) uma série de recomendações com medidas para conter a crise no sistema penitenciário. Entre as ações previstas está o envio da Força Integrada de Atuação no Sistema Penitenciário.

O ministério afirmou que o governo de Rondônia pediu a Alexandre de Moraes, mas ainda não formalizou, investimentos para equipar e manter os presídios locais. Conforme a pasta, antes mesmo de a administração rondoniense formalizar a solicitação à União, o ministro já adiantou que irá aceitar a solicitação.

Apesar de Mato Grosso não ter registrado rebeliões nos últimos dias, como Amazonas e Roraima, o governador Pedro Taques conversou por telefone neste sábado (7) com o ministro da Justiça para pedir auxílio da União na área de segurança,

Decissão ocorre após rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, que deixou 60 mortos. Em Roraima, pelo menos 33 presos morrem em penitenciária. Em uma nova rebelião em uma cadeia pública de Manaus, mais quatro presos foram assassinados




Fonte: Com informações do G1