Bombeiro é assassinado por ex-genro após discussão no Ceará

Acusado de cometer o crime é um dos homens mais procurados.

Na quarta-feira, dia 22, subtenente da Reserva do Corpo de Bombeiros, identificado como Francisco Luciano Ferreira Gadelha, foi assassinado a tiros no bairro Jereissati, em Maracanaú, na capital Fortaleza, no Ceará. O acusado, que é ex-genro da vítima, é um dos homens mais procurados pela polícia no estado.

De acordo com informações da Polícia Civil, que investiga o crime, os dois estavam conversando quanto teve início uma discussão. Durante o desentendimento, o  acusado utilizou uma arma e efetuou tiros contra o bombeiro que, ferido, foi socorrido e encaminhado para um hospital, onde não resistiu e morreu. 

O autor do assassinato é fugitivo da cadeia e é procurado por envolvimento em roubos, latrocínio e formação de quadrilha. Além disso, está na lista dos mais procurados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Equipes das polícias civil e militar estiveram no local. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi solicitada para realizar diligencias, mas o acusado não foi localizado. 

Local onde ocorreu o crime
Local onde ocorreu o crime






Fonte: Com informações do G1-CE