Cadeirante acusado de homicídio é preso com cocaína em Teresina

"Eu não tenho droga, não", disse o cadeirante acusado.

Policiais da Força Tática do 6º Batalhão da Polícia Militar realizaram a prisão de um cadeirante identificado com Reginaldo Sampaio, o "Bené", no bairro Lourival Parente, na zona Sul de Teresina, na quinta-feira (06). Com o acusado os policiais apreenderam uma balança de precisão, além de droga pronta para comercialização. 

De acordo com o comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, a prisão ocorreu após várias denúncias de populares. "Nós fomos informados de que havia um indivíduo, não sabíamos quem era, só sabíamos que era na rua 7 de que ele estava vendendo entorpecentes. Ao realizar abordagem no local, nos aproximamos e, mesmo sendo cadeirante, resolvemos abordar e encontramos 150 gramas de crack dentro da casa", afirmou. 

Cadeirante identificado com Reginaldo Sampaio (Crédito: Rede Meio Norte)
Cadeirante identificado com Reginaldo Sampaio (Crédito: Rede Meio Norte)

Segundo o comandante, uma substância semelhante à cocaína também foi encontrada no local. "Tudo sugere que seja, sim, cocaína. Essa porção de pó pode ser uma substância que ele ia usar", acrescentou. 

"Bené", conforme o policial, tem passagem por homicídio. "Ele mesmo nos relatou que passou dois anos na Irmão Guido por homicídio. Ele afirmou ter passagem por 36 homicídios, mas a guarnição não confirma isso", informou. 

O cadeirante, ao ser questionado, negou todas as acusações. "Eu não tenho droga, não. E não me 'pegaram' com nada, não. Acharam, mas não foi comigo, nem na minha residência. Eu não atuo no tráfico de drogas, não", disse o acusado. 

Droga apreendida (Crédito: Rede Meio Norte)
Droga apreendida (Crédito: Rede Meio Norte)
Cadeirante preso (Crédito: Rede Meio Norte)
Cadeirante preso (Crédito: Rede Meio Norte)




Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com