Candidato a vereador preso com moto roubada:'Mal entendido'

Julle Emerson Correia da Costa foi apreendido pela PRF ontem.

O candidato a vereador do município de Capitão de Campos, Julle Emerson Correia da Costa, de 28 anos, que foi preso pela Polícia Rodoviário Federal em posse de uma motocicleta com registro de roubo, na sexta-feira, dia 02, alegou inocência e afirmou que tudo não passou de um 'mal entendido'.

O vereador conta que comprou a moto de um homem identificado como Idelton Alcântara em 2008., que segundo ele, havia comprado o veículo em São Paulo de um outro homem identificado por Francisco Ediglê enquanto a moto estava alienada. 

“Comprei a moto, fui atrás desse Francisco Ediglê para eu poder quitar a dívida. Mas não o encontrei. Aconteceu um mal entendido, porque a moto não é roubada. Ele disse que ela tinha sido, mas na verdade ele registrou o roubo para se livrar de pagar o restante. Tenho os documentos, tudo direito”, disse.

Os policiais realizavam ronda pela BR 343 quando abordaram o veículo YAMAHA/FAZER YS250 de Placas DWV-5040/SP conduzido pelo candidato. Após consultas aos sistemas, constatou-se que o veículo apresentava ocorrência de roubo/furto em São Paulo -SP.

Veículo e condutor encaminhado para a Polícia Judiciária (PC de Piripiri) para realização das providências cabíveis. Enquadramento(s): receptação.



Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com