Cantor morto na Bahia teria citado nome de rival para traficantes

Felipe Yves, de 21 anos, já compôs para Léo Santana e Igor Kannário

O cantor e compositor Felipe Yves, que foi encontrado morto em um matagal no bairro de Boca da Mata, em Salvador, teria sido assassinado após ter tentado se livrar da abordagem de traficantes e comentado por engano que era primo de um dos rivais do grupo. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta terça-feira (07).

De acordo com a polícia, com base em investigações preliminares, a vítima foi ao bairro visitar uma amiga. Ao chegar no local, foi abordada por alguns homens. Na tentativa de se livrar da situação, disse que era primo de um traficante da localidade. Entretanto, a pessoa citada pelo cantor era rival do grupo responsável pela abordagem.

Felipe Yves, que teve a cabeça semi-degolada pelos bandidos, não tinha passagens pela polícia. Por telefone, o irmão da vítima disse que o cantor era um menino de bem e classificou o crime como uma maldade. A família pediu Justiça. Felipe Yves, que já compôs canções para Léo Santana e Igor Kannário, tinha 21 anos e não deixa filhos.

Felipe Yves (Crédito: Reprodução)
Felipe Yves (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com