Casal executado a tiros havia sido preso recentemente, diz PM

A polícia investiga os motivos do crime.

Um casal identificado como Antônio Neto de Carvalho, de 31 anos, natural de Francisco Santos e Simone Maria Leal, de 30 anos, natural de Fronteiras, foi assassinado a tiros na tarde da última sexta-feira (13), em uma residência no Centro da cidade de Caldeirão Grande do Piauí.

De acordo com a polícia, um veículo modelo Fiat Uno, de cor prata, parou em frente à casa. Do carro desceram três homens armados usando coletes e encapuzados. Um homem ficou na frente da residência enquanto os outros dois entraram no local atirando e matando o casal.

Segundo testemunhas, a ação foi rápida. A mulher foi executada no quarto e o homem no banheiro. Moradores afirmaram ter ouvido uma sequência de disparos e o trio usava arma de grosso calibre. “Eles mandam fechar o bar que fica na frente da casa, quem passava eles mandavam andar sem olhar para trás, deram tiros para cima”, disse uma moradora.

O cabo Leonel, comandante do Grupamento da Polícia Militar, afirmou que há cerca de uma semana o casal havia sido preso em uma ação realizada pelas polícias de Caldeirão Grande do Piauí e Salitre, no Ceará. Com os dois foram encontrados um revólver calibre 38 com várias munições, uma motocicleta furtada e vários objetos de origem duvidosa.

“A mesma dupla realizou assaltos na cidade de Jaicós há cerca de um ano, e após isso, veio para essa região. Eram acostumados em realizarem furtos e assaltos.  Acreditamos que isso seja uma das razões que veio a ocorrer esse fato”, disse Leonel.


Fonte: Com informações do Cidades na Net
logomarca do portal meionorte..com