Casos de agressão contra mulheres chamam a atenção da PM de Picos

“O lugar que a mulher mais apanha é aqui", afirmou o tenente.

A incidência de casos de violência doméstica na cidade de Picos tem chamado a atenção do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar) ao longo deste ano.

Embora os números oficiais referentes a 2016 ainda não tenham sido contabilizados, o Comandante da PM, Tenente-coronel Edwaldo Viana, que está em Picos há menos de 10 meses, faz um alerta sobre a realidade com que se deparou.

“O lugar que a mulher mais apanha é aqui porque a mulher não denuncia. Então a mulher tem de denunciar porque eu não posso entrar em um leito de uma pessoa e averiguar o que aconteceu”, pontuou o Comandante do 4º BPM.

Para Edwaldo Viana, a ausência de uma Delegacia especializada em crimes contra a mulher também dificulta o combate a violência doméstica no município picoense e na Região.

“Para se ter uma ideia a mulher aqui apanha e nem se denuncia, aí quando ela vem denunciar é porque já está no hospital, toda quebrada. Aí o que é que nós podemos fazer? É um ciclo vicioso e as pessoas tem de participar”, concluiu. 


Fonte: Dia a Dia Picos
logomarca do portal meionorte..com