Comerciantes são presos por receptação qualificada em Parnaíba

Os comerciantes adquiriram as mercadorias sem nota fiscal

Um caminhoneiro teve parte de sua mercadoria furtada na Rua Pedro II, centro de Parnaíba. O caminhoneiro Euclides Pereira trazia da cidade de Recife do Estado de Pernambuco, um caminhão carregado de caixas de sabão líquido para entregar em um supermercado do centro comercial.

O condutor estava tendo dificuldades com a mercadoria devido à rua estreita e a movimentação intensa de pessoas. Naquele momento apareceu um homem ressaltando a dificuldade de Euclides com descarregamento da mercadoria e disse que havia falado com o proprietário do estabelecimento, que comprou as 210 caixas do sabão líquido. Em seguida disse que ia arrumar outro veículo menor para descarregar a mercadoria e levar até o estabelecimento; mas isso não aconteceu.

Após a denúncia do ocorrido, os policiais civis Robinson Castillo e Luís Beline iniciaram as investigações e identificaram o bandido pelo apelido de “Nego Welligton” por conta de imagens de câmeras da empresa. Os policiais investigaram o paradeiro das mercadorias furtadas e acabaram prendendo três comerciantes de Parnaíba por receptação. São eles Luís Alves Pereira, Antônio Carvalho de Sampaio e Francisco Fontenele de Sousa.

Segundo o delegado Eduardo Alves Ferreira, titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Parnaíba, os comerciantes adquiriram as mercadorias sem nota fiscal. Ressaltou também o descuido destes comerciantes que, já tem experiência na aquisição de mercadorias, e se envolveram no crime. Os três foram levados para a central de flagrantes e autuados por receptação qualificada.

Fonte: Com informações do Portal Costa Norte
logomarca do portal meionorte..com