Corpo é levado para presídio para detento se despedir de irmão

O irmão do preso foi morto durante um confronto com a polícia.

O presídio de Anápolis (GO) protagonizou uma situação inusitada. Tudo aconteceu após os detentos realizarem um tumulto pelo fato de que a administração do presídio não deixou um preso acompanhar o velório do irmão fora da cadeia. Com o motim, o Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado.

Diante de uma confusão generalizada, a diretoria geral da penitenciária autorizou a entrada do corpo no presídio para a despedida do irmão.

O irmão do detento integrava uma quadrilha de assalto a banco e morreu durante com confronto com a Polícia Militar (PM), na última quarta-feira (17). Com isso, a direção do presídio considerou arriscado fazer a escolta do preso até o velório. De acordo com a TV Anhanguera, o corpo ficou dentro da penitenciária por aproximadamente 10 minutos.

A juíza da 1ª Vara de Execuções Penais e Corregedora de Presídios de Goiânia, Thelma Aparecida Alves, classifico a atitude como “humana”.

“Me lembra aquela história de se Maomé não vai a montanha, a montanha vai a Maomé. Foi legal. Conseguiu realizar para o preso um direito de despedida. Achei uma atitude muito humana”, afirmou a magistrada.


Fonte: Com informações do UOL
logomarca do portal meionorte..com