Corpo encontrado queimado é de farmacêutica, comprovam exames

O dentista Thiago Medeiros, de 33 anos, foi preso.

O corpo queimado encontrado em Vassouras, no interior do Rio de Janeiro, pertence à farmacêutica Nathalie Rios Motta Salles, de 37 anos. A confirmação foi passada pela Delegada titular da Delegacia de Descoberta de Paradeiros, Elen Souto. Segundo ela, a confirmação foi feita após o Instituto Médico Legal realizar procedimentos de antropologia e odontologia forenses.

"A investigação continua", afirmou a delegada. Os procedimentos confirmaram através da análise da arcada dentária que o corpo era de Nathalie. O dentista Thiago Medeiros, de 33 anos, foi preso na última semana, como o principal suspeito do crime.

A delegacia, que ouviu parentes de Thiago na última semana, acredita que Nathalie estava desacordada quando teve o corpo incendiado.


Histórico

Thiago foi a última pessoa vista com Nathalie. O encontro aconteceu na Estação do Metrô do Flamengo, na Zona Sul do Rio, por volta das 16h30 da última quinta-feira (22). O encontro foi marcado por ele. De acordo com os investigadores, ela foi vista entrando no carro do dentista.

O suspeito e Nathalie já haviam namorado. O relacionamento acabou, mas eles ainda se encontravam. Segundo a polícia, Thiago, que atualmente é noivo de uma médica, teria pedido à ex-namorada que fizesse um aborto – Nathalie, no entanto, decidiu manter a gravidez.

Na sexta-feira (23), policiais da DDPA encontraram um corpo carbonizado em Vassouras, onde vive a família de Thiago. Porém, parte das roupas e os brincos ainda estavam intactos – eles pertenciam a Nathalie.

O corpo da vítima estava dentro de pneus incinerados. Os dentes foram arrancados – o que teria sido feito para dificultar a identificação da empresária.

Fonte: Com informações do G1