Delegada não descarta encomenda em morte de empresário

O crime aconteceu na cidade de Floriano.

O empresário José Gilson Manoel da Silva, de 49 anos, dono de uma concessionária de veículos, foi morto com dois tiros no início da tarde de sexta-feira (11), na cidade de Floriano.

Os bandidos ainda não foram identificados, mas Luana Alves, delegada titular do 2º Distrito Policial, que investiga o caso, não descarta a encomenda de assassinato contra a vítima.

“A princípio a polícia tem duas linhas de investigações. O crime pode ter sido um latrocínio, roubo seguido de morte, ou execução. Durante o assalto, a dupla não fez ninguém de refém e roubou somente o empresário. Os tiros foram direcionados ao empresário e não levaram nada de outras pessoas que estavam na loja”, relatou Luana Alves.

O crime aconteceu quando a vítima estava com um funcionário dentro da concessionária. A arma usada para os disparos foi uma pistola nove milímetros.

José Gilson já cumpriu pena por tráfico de drogas na Penitenciária Gonçalo de Castro Lima, Vereda Grande, em Floriano. Em 2009, o empresário foi preso durante as Operações Propólis e Monte Erimanto, das Polícias Federal e Civil.


Fonte: Com informações do Floriano News
logomarca do portal meionorte..com