Empresário filho de esperantinense é morto por engano em Goiás

Paulo Henrique foi assassinado por um policial militar

O jovem empresário esperantinense radicado em Brasilia, Paulo Henrique da Silva Santos, foi assassinado por engano na tarde da última sexta-feira (10/11) na cidade de Val Paraíso no estado de Goiás.

Paulo Henrique foi assassinado por um policial militar após fazer acompanhamento de um veículo roubado, da marca Tucson de placa JIE 5843/DF. O referido veiculo pertencente a um amigo comum, havia sido furtado no Conjunto Nacional por volta das 14hs de ontem. A viatura 2774 comandada pelo SGT LELIS, foi acionada e fazia acompanhamento. Todavia o VW Jetta conduzido por Paulo Henrique, também fazia o acompanhamento e repassava dados de localização ao COPOM conversando diretamente com operador da mesa 02. Não se sabe quem acionou a PMGO. Ocorreu que a viatura perdeu contato visual com a Tucson e com o Jetta, e ao chegar na altura de Valparaíso Goiás, um prefixo da PMGO que fazia ronda no local, ao avistar o Jetta, um dos policiais daquela guarnição efetuou 1 disparo, vindo a atingir o empresário que veio a óbito no local. 

Empresário filho de esperantinense é morto por engano em Goiás
Empresário filho de esperantinense é morto por engano em Goiás


Fonte: Com informações do Jornal Esp
logomarca do portal meionorte..com