Empresários são presos suspeitos de lavagem de dinheiro e fraude

A operação foi realizada pelo GAECO.

Na manhã desta sexta-feira (07/04), o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em parceria com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), TCU, CGU e TCE deflagrou a operação denominada “Escamoteamento”, que tem como objetivo cumprir mandados de prisão e conduções coercitivas de donos de empresas atuantes no Norte do Estado do Piauí e empresas do Ceará que atuam nas cidades de Cocal, Buriti dos Lopes e outras.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, tais empresas fechavam contratos para realização de serviços, obras de construção com valores exorbitantes sem a devida prestação do serviço para os quais foram contratadas. Cerca de aproximadamente R$ 60 milhões foram desviados pelos criminosos.

Os presos e conduzidos coercitivamente estão sendo levados para a sede do Ministério Público, na cidade de Piripiri, base da operação e logo após seguirão para Teresina.

 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)

 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
 (Crédito: Divulgação/PRF)
(Crédito: Divulgação/PRF)
Fonte: PRF
logomarca do portal meionorte..com