Envolvido na morte de segurança do cantor Leonardo é morto em Goiás

Chamado de Di Menor, João Marcos é suspeito de mais 20 crimes.

O jovem João Marcos Caetano de Oliveira, 19 anos, foi morto na segunda-feira (17) durante um confronto com a Polícia Militar em Rubiataba, na região Central de Goiás. Conhecido por “Di Menor”, o rapaz tem contra ele 21 registros na Polícia Civil. Entre os casos, segundo a Polícia Militar, está o homicídio de Marco Antônio Rezende, segurança do cantor Leonardo.

O porta-voz da Polícia Militar, tenente-coronel Ricardo Mendes, disse que o jovem estava foragido e resistiu à abordagem realizada na casa em que ele morava com a mulher. O rapaz foi baleado durante o tiroteio, levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Os policiais apreenderam porções de droga e uma pistola calibre .40 na residência em que Di Menor estava.

A Polícia Civil informou que será instaurado um inquérito para apurar a morte de Di Menor. Já nos casos em que ele era investigado, os processos devem ser concluídos, mas haverá a extinção da pena.

Morte de segurança


O segurança Marco Antônio Rezende, de 41 anos, foi morto ao reagir a uma tentativa de assalto. O crime aconteceu na manhã do dia 5 de julho de 2015, em frente a uma feira na Vila União.

Segundo as investigações, três pessoas se aproximaram do segurança e anunciaram o assalto para roubar a corrente de ouro que ele usava no pescoço. Ao tentar reagir, Rezende foi baleado no peito. O trio fugiu levando a pistola do segurança.

Durante a apresentação, João Marcos negou qualquer envolvimento com o crime. Os demais envolvidos não foram identificados.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com