Estudante de medicina preso por pedofilia é liberado após fiança

A pena, em caso de condenação, é de quatro anos de reclusão

O estudante de medicina preso na terça-feira (19) por armazenamento e produção de material pornográfico infantil pagou fiança de R$ 20 mil e vai responder ao processo em liberdade.

O homem, de 27 anos, é estudante do sétimo semestre de medicina, e foi preso na terça enquanto trabalhava no plantão em um hospital de Porto Alegre. De acordo com a polícia, o caso veio à tona após o pai de um menino de 10 anos, morador de São Paulo, relatar o caso às autoridades.

A pena, em caso de condenação, é de quatro anos de reclusão.

O caso chegou ao Ministério Público há 15 dias por meio de informações repassadas pela Polícia Civil de São Paulo. O pai da criança de 10 anos encontrou no computador do menino conversas com o estudante.

Estudante de medicina preso por pedofilia é liberado após fiança (Crédito: Reprodução)
Estudante de medicina preso por pedofilia é liberado após fiança (Crédito: Reprodução)


A Polícia Civil de São Paulo descobriu então um perfil falso, e chegou à identidade do suspeito, repassando as informações para a o MP.

Conforme a diretora do Departamento de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca), Adriana Regina Costa, o caso serve como alerta para os pais.

"Ele [estudante] se utilizava da internet para ter contato com a vítima, por isso a divulgação serve como prevenção e alerta para os pais com os filhos na internet", salientou.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com