Garoto é abusado por 11 jovens durante estupro coletivo na Itália

O caso ocorreu em Giugliano, Nápoles, no sul da Itália.

Um garoto de 13 anos foi vítima deum estupro coletivo em Giugliano, Nápoles, no sul da Itália. Segundo autoridades locais, o menino sofria de um quadro leve de doença mental e foi abusado por 11 jovens, todos menores de idade, sendo três deles com idade inferior a 14 anos.

O caso veio à tona quando a mãe da criança prestou a denúncia, e ganhou repercussão nesta sexta-feira, quando os principais veículos de imprensa do país relatou o caso.

A mãe da vítima informou que os crimes ocorreram mais de uma vez desde janeiro, e que procurou a polícia ao notar o comportamento estranho do filho. O grupo de jovens em questão, além de praticar do crime, ameaçavam o garoto de morte caso ele não se submetesse às agressões sexuais.

Segundo a agência italiana de notícia Ansa, oito dos onze acusados foram colocados sob medidas socioeducativas, enquanto os três menores de 14 anos estavam sobre proteção judicial e não sofreram sanções penais.

O prefeito de Giugliano, Antonio Poziello, lamentou o ocorrido. “Esse caso é terrível. Não tenho palavras para comentar. A ideia de serem cometidos crimes sexuais, ainda mais por crianças, é desconcertante”, disse. 


Fonte: Diariodepernambuco