Grávida é esfaqueada pelo ex-marido após não reatar relacionamento

A recusa fez o criminoso esfaqueá-la na barriga.

A vendedora ambulante grávida de cinco meses esfaqueada pelo ex-marido no condomínio B13, no bairro de Cajazeiras 11, em Salvador, foi atacada após se recusar a reatar o relacionamento com o companheiro.

David Rodrigues Santos, de 29 anos, surpreendeu Tainá Pinheiro Walberte, 23, na noite de sábado (11), quando terminava de vender bebidas no bairro do Comércio. Há algum tempo, o homem estava pedindo para reatar o relacionamento, mas a mulher não aceitava.

Ao terminar o trabalho, Tainá pegou o ônibus para voltar para casa e foi seguida pelo suspeito. No prédio, a vítima entrou no apartamento e trancou a porta deixando David do lado de fora. Ele começou a bater na porta e, revoltado com a rejeição, ele forçou a grade e conseguiu entrar no apartamento.

Os dois brigaram e David esfaqueou o abdômen de Tainá. O homem socorreu a vítima para o Hospital Eládio Lassérre, mas o bebê não sobreviveu. O suspeito foi preso no hospital e encaminhado para a 13ª Delegacia Territorial.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com