Greco apreende R$ 100 mil com acusado de sequestrar gerente

A gerente foi sequestrada na zona Sul de Teresina no dia 15.

Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prenderam, em São     Pedro da Água Branca, no Maranhão,  Laisso Bispo de Souza, acusado de ter participado do sequestro-relâmpago contra uma funcionária do Banco do Brasil, ocorrido na última quarta-feira (15), na zona sul de Teresina.  Com o suspeito os policiais apreenderam um veículo modelo Fiat Uno e uma quantia de mais de R$ 100 mil em dinheiro.

De acordo com o delegado-geral, Riedel Batista, as buscas aconteceram durante o período do carnaval. “Nessa ocorrência, ocorrida há semanas atrás, houve o sequestro da gerente do Banco do Brasil e desde então o Greco começou a a trabalhar. Foi determinada diligências durante o período do carnaval e na quinta equipes se deslocaram para outros estados, Maranhão e Pará, e conseguimos prender um dos indivíduos", afirmou.

Laisso Bispo de Souza
Laisso Bispo de Souza

Segundo o delegado-geral, os policiais encontraram R$ 104 mil com o suspeito. “Apreendemos em espécie R$ 100 mil e prendemos um desses elementos e bloqueamos dinheiro na conta dele e no total já conseguimos recuperar R$ 200 mil, já devolvidos ao Banco do Brasil. Nós já identificamos o demais e vamos seguir agora com os pedidos de prisão preventiva e também de busca e apreensão, no sentido de desarticular essa quadrilha”, acrescentou.

O delegado ainda falou sobre a importância da prisão. “Essa quadrilha atua em todo o nordeste e são elementos de fora que vem praticar roubou aqui, mas com a prisão dessa quadrilha o estado ficará por um bom tempo sem esse tipo de crime", finalizou. 

O crime

A tesoureira  da agência do Banco do Brasil, localizada próxima a Central de Abastecimento (Ceapi), sofreu um sequestro relâmpago na madrugada do dia 15, no momento em que chegava em  sua residência e teve a família mantida refém.

Os filhos da vítima de 6 e 12 anos e seu namorado, foram mantidos em cárcere privado durante toda madrugada, até as primeiras horas desta quarta, quando a tesoureira foi levada para sacar o dinheiro da agência. Os outros integrantes da quadrilha ficaram com parentes da vítima como reféns para obrigá-la a efetuar o saque e entregá-los.

Delegado-geral Riedel Batista
Delegado-geral Riedel Batista



Fonte: Portal Meio Norte