Grupo protesta contra Sérgio Moro em palestra em Nova York

Muitos gritavam que o impeachment de Dilma foi um golpe.

Nesta segunda-feira, dia 06, um grupo de pessoas protestou contra Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato,  durante palestra realizada pelo juiz na Columbia University, em Nova York.  De acordo com os manifestantes, o impeachment de Dilma Rousseff foi um golpe no Brasil, favorecido, segundo eles, pela saída da chefe do executivo. 

Um protesto no lado de fora da universidade também criticava o evento. Professores e estudantes afirmavam que o evento abordava apenas um lado da Lava-Jato e que a operação ajudou no impeachment.

Grupo protesta contra Sérgio Moro em palestra em Nova York  (Crédito: Henrique Gomes Batista)
Grupo protesta contra Sérgio Moro em palestra em Nova York (Crédito: Henrique Gomes Batista)

"Estou muito chateada com tudo isso, este evento não tem um debate universitário, representa apenas um lado", afirmou Nancy Fraser, professora de Filosofia da New School University, que realiza o evento em conjunto com outras entidades, como a Fundação Lemann, de Jorge Paulo Lemann.

Muitos brasileiros levantam placas dizendo que Moro é parcial e que o impeachment da presidente Dilma Rousseff foi um golpe. Duas cartas abertas, uma de alunos e professores, e outra do movimento "Defend Democracy in Brazil", estão sendo distribuídas.

"A New School sempre foi uma escola de esquerda e não entendo porque está organizando um evento tão parcial. Tentamos colocar ao menos um nome para o debate, mas não permitiram. Porém, já conseguimos verba com professores e agora vamos fazer um evento plural", disse Luiza Nassif Pires, que faz PhD em economia na New School.




Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com