Guardas são suspeitos de integrar grupo de extermínio no Maranhão

Dois guardas municipais foram presos no município de Viana.

Dois guardas municipais da cidade de Viana, no estado do Maranhão, foram presos durante ações da Superintendência de Polícia Civil do Interior e a Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa de São Luís que investiga suposta participação deles em um grupo de extermínio. As prisões ocorreram nesta quinta-feira (24).

De acordo com as investigações, os guardas identificados como Jucélio Mendes Araújo e João Batista Arouche Braga também estão presos pela suspeita de já terem matado um homem em Viana e por tentativa de homicídio contra outro homem.

A polícia continua as investigações para saber se os dois guardas realmente integram o grupo de extermínio em Viana.

Eles foram presos em caminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficarão à disposição da Justiça.

Suspeitos de integrar um grupo de extermínio (Crédito: TV Mirante)
Suspeitos de integrar um grupo de extermínio (Crédito: TV Mirante)




Fonte: Com informações do G1-MA