Homem acusado de matar lavrador é condenado a 16 anos de prisão

O caso aconteceu na cidade de Esperantina.

No final da tarde desta segunda-feira (24/10), um homem identificado como Marcos Henrique Costa da Silva, mais conhecido por ‘marquinhos’, preso acusado de homicídio foi condenado a 16 anos e 6 meses de detenção pela morte do lavrador José Carvalho Neto, na cidade de Esperantina.

O julgamento de Marcos durou cerca de oito horas e foi realizado nas dependências do plenário da Câmara Municipal de Vereadores José Sales Dias, sendo presidido pelo juiz de Direito da Comarca de Joaquim Pires, Dr. Stefan Oliveira Ladislau.

A defesa do réu foi feita  pelos representantes da Defensoria Pública do Estado do Piaui,  Defensores: Jéferson Calume de Oliveira (Defensor da cidade de Água Branca) e Dra. Ana Carolina de Freitas Tapety Machado (Defensora de Esperantina). Já o representante do Ministério Público Estadual, o Promotor de Justiça, Dr. Raimundo Martins de Oliveira Junior, atuou na condição de Assistente de Acusação.

Marcos matou o lavrador no dia 25 de dezembro do ano de 2010 na localidade Barreiro dos Cocos, zona rural de Esperantina. O Promotor de Justiça, Dr. Raimundo Martins disse que a pena estabelecida pelo corpo de jurado foi a esperada.

Para o irmão da vitima, o  lavrador,  Francisco Rodrigues Carvalho, conhecido como, Chico Simplicio de 55 anos, o resultado não vai conseguir trazer de volta o seu irmão, mas, segundo ele foi bastante justo. “Espero que ele pague tudo que cometeu contra o meu irmão na prisão”, disse o lavrador.

Julgamento aconteceu na Câmara (Crédito: Reprodução)
Julgamento aconteceu na Câmara (Crédito: Reprodução)
Marcos foi condenado a 16 anos de prisão (Crédito: Reprodução)
Marcos foi condenado a 16 anos de prisão (Crédito: Reprodução)
Irmão da vítima acredita na Justiça (Crédito: Reprodução)
Irmão da vítima acredita na Justiça (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do jornalesp
logomarca do portal meionorte..com