Homem é condenado a 20 anos de prisão por matar idosa em Teresina

O crime ocorreu em fevereiro do ano passado na zona Sul.

Um homem identificado apenas pelo nome de  Wilson foi condenado a 20 de prisão por assassinar a aposentada Maria de Lourdes Macêdo, de 67 anos, encontrada morta e com sinais de estupro em sua própria residência, bairro Santa Luzia, na zona Sul de Teresina, no dia 22 de fevereiro de 2016. A sentença é da 3ª Vara Criminal da Capital. 

De acordo com a decisão, Wilson foi condenado recebeu sentença de 20 anos de reclusão em regime fechado pelo crime de latrocínio {roubo seguido de morte]. As investigações apontaram que Wilson, no dia do crime,  apresentou algumas lesões pelo corpo, provavelmente ocasionadas no momento em que invadiu a casa da idosa e cometeu o homicídio. 

O suspeito, durante depoimento, negou todas as acusações. O acusado foi preso no início deste ano e deverá cumprir a pena estabelecida pela 3ª Vara Criminal na Penitenciária Irmão Guido. 

O crime

A diosa foi assassinada com perfurações de faca no braço e no pescoço em sua casa, no bairro Santa Luzia. A delegada de Feminicídio, Anamelka Cadena, informou na época que os peritos criminais que fizeram a perícia no corpo perceberam que havia sinais de estupro.

No chão da residência foram encontradas marcas de sangue e a Polícia Civil acredita que o crime ocorreu durante a madrugada. Um  dos vizinhos da vítima, de nome Silvestre Sousa, informou que chegou a ouvir cachorros latindo e um som ligado. 



Fonte: Portal Meio Norte