Homem preso por estuprar enteada de 3 anos diz que recebeu entidade

O criminoso culpou uma entidade espiritual do crime.

Um homem preso pelo estupro da enteada, de 3 anos, há dez dias, em Estrutural, no Distrito Federal, diz que abusou da criança após ter manifestado uma entidade espiritual nomeada 'Exu das almas preciosas'.

De acordo com o jornal 'Extra', o homem disse que teria sido influenciado pela entidade e que não se lembra do abuso. O crime ocorreu na residência da criança, após um culto evangélico.

O padrasto foi indiciado após a realização de exames médicos, perícia e depoimentos de testemunhas. O homem está preso na carceragem da PCDF, onde fica à disposição da Justiça.


Fonte: Com informações do Notícias ao Minuto
logomarca do portal meionorte..com