Homem rapta ex-mulher e filho, atira na sogra e comete suicídio

Caso aconteceu em Curitiba e suspeito baleou a ex-mulher e se matou

Um homem raptou a ex-mulher e o filho em Curitiba após não aceitar a separação do casal. Depois de cometer o crime, o rapaz se suicidou dando um tiro na própria cabeça.

Ramon teve um relacionamento com a vítima durante dois anos. O pai da mulher disse que a filha sofria ameaças, agressões físicas constantes e que ela havia ficado em cárcere privado no próprio quarto por dias.

Inconformado com a separação, Ramon foi à casa da ex-mulher tentar reatar o relacionamento. Ao chegar no local, não encontrou a família e descobriu que a moça estava almoçando com familiares.

Ramon encontrou a ex-mulher com os pais e o filho do casal. Depois de mais uma discussão, o homem sacou um revólver calibre 38 e atirou em direção à sogra. Os tiros atingiram a mão e a coxa da senhora.

Vizinhos chamaram os bombeiros para prestar socorro à vítima. Neste momento, Ramon fugiu levando a ex-mulher e o filho, dando início a uma perseguição policial.

Durante a fuga, Ramon bateu o carro e efetuou dois disparos contra a ex-mulher. Logo depois, suicidou-se. A vítima foi encaminhada para o hospital e se encontra em estado grave, podendo perder um dos olhos.

O suspeito já tinha boletins de ocorrência registrados contra ele, ambos feitos por familiares da ex-mulher. Dona Elza, mãe da vítima, e Tiago, ex-cunhado do agressor, deram queixa por ameaça.

A arma utilizada no crime foi fruto de uma troca. Ramon deu a moto que o ex-sogro havia dado de presente para que trabalhasse para conseguir o revólver. 

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7