Jovem morta por ‘emprego’ fez publicação xingando a suspeita

A vítima foi segurada e esfaqueada várias vezes.

Na noite do último sábado (13/01), a jovem Érica Oliveira da Silva, de 24 anos, foi assassinada a facadas pela sua própria vizinha em Santos, no litoral de São Paulo. Um dia antes do crime, no dia 12 de janeiro, a vítima publicou em seu perfil no Facebook um ‘meme’ provocativo. De acordo com informações de familiares, Érica e a suspeita, identificada pela Polícia Civil como Angélica da Cruz, brigavam por causa de uma vaga de emprego.

Segundo a irmã da vítima, Rafaela Oliveira da Silva, o post no Facebook foi feito como uma indireta para a vizinha, que estava desempregada, o que intensificou as já frequentes brigas. "Minha irmã postou e ela viu. Foi aí que começaram a discutir ainda mais. A Angélica falava muita besteira para ela. Ela tinha inveja do emprego da minha irmã", afirma.

Na postagem, feita no dia anterior ao assassinato, Érica fez um comentário ofensivo e insinuou que Angélica estaria trabalhando como garota de programa, o que teria causado revolta. "Está passando fome, meu bem? Me fala, que até cedo meu emprego pra você, já que está oferecendo até o corpo, que por sinal é um lixo. Aceita: quem nasceu para ser cachorro, morre latindo", disse.

Érica era assistente administrativa em uma empresa de comercialização de concreto localizada no bairro Monte Cabrão, onde morava. "A assassina estava desempregada e queria a vaga da minha irmã. Sempre que a Érica passava, elas se provocavam. Isso acontecia todos os dias. A postagem acabou piorando a situação e aconteceu o que aconteceu.", explica Rafaela.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com