Mãe é espancada após permitir agressões contra os filho de 4 anos

O casal já estava sendo monitorado pelo Conselho Tutelar

Um menino de quatro anos foi agredido pelo padrasto na casa onde a família mora, na cidade de Camboriú, em Santa Catarina, na noite da última segunda-feira (16). A criança foi levada para o Hospital Ruth Cardoso, já recebeu alta e passa bem. 

Em foto tirada após as agressões, o menino aparece com o rosto ensanguentado e com o supercílio cortado. Tanto a criança espancada quanto o irmão mais novo, de um ano, foram encaminhados para um abrigo de Camboriú, onde devem permanecer até a liberação do Conselho Tutelar à família. 

Durante o espancamento, os vizinhos ouviram o choro e foram até a casa da família para ver o que estava acontecendo. O padrasto teria fugido e, então, os moradores partiram para cima da mãe, alegando que a mulher não impediu a agressão. 

O casal já estava sendo monitorado pelo Conselho Tutelar da cidade, devido a denúncias de vizinhos sobre maus-tratos a duas crianças que eram cuidadas por eles.

O conselheiro tutelar que atendeu o caso disse que no local havia cerca de 150 pessoas revoltadas com a mãe e o padrasto e quase impediram até a entrada dele na residência. Ele conta ainda que caso a Polícia e o Conselho Tutelar demorassem mais para chegar, a mãe poderia ter sido morta pelos populares.

Mãe é espancada após permitir agressões contra os filho de 4 anos
Mãe é espancada após permitir agressões contra os filho de 4 anos


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com