Mãe e filha são presas com mais de 10 kg de drogas em Teresina

A prisão ocorreu após denúncia feita pelo aplicativo Depre.

Na noite de quinta-feira, dia 10 de novembro, um mulher identificada como Jurandilma de Sousa Carvalho e sua filha, Danyelle de Sousa Santos, foram presas no residencial Wall Ferraz próximo ao bairro Porto Alegre, zona Sul de Teresina, com mais de 10 kg de drogas. 

O coordenador da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), delegado Menandro Pedro, explica como ocorreu a prisão das duas acusadas. "Nós realizamos a apreensão de pelo menos onze tabletes contendo maconha, um pacote de crack, além de duas balanças de precisão utilizadas para preparação da droga e um carro", afirmou.

Jurandilma de Sousa Carvalho e sua mãe, Danyelle de Sousa Santos (Crédito: Divulgação)
Jurandilma de Sousa Carvalho e sua mãe, Danyelle de Sousa Santos (Crédito: Divulgação)

O comandante da Companhia do Promorar, capitão Paulo Silas, explica que o motorista do veículo, que era usado para transportar droga, conseguiu fugir e possui envolvimento com as duas. 

“Se trata de uma operação em conjunto com a Depre, que é especializada na apreensão de drogas, e com auxilio da Força Tática. Os policiais tinham informações de um carro Peugeot que estava transportando drogas no Wall Ferraz. Eles [os policiais] realizaram abordagem e o motorista do veículo empreendeu fuga", disse.

As ações prosseguiram e  mãe e filha foram encontradas dentro de um apartamento no Residencial. "Os policiais foram até a casa das suspeitas, que na verdade é um apartamento, onde estavam as duas que portavam até cocaína", acrescentou. 

Ainda segundo Paulo Silas, a polícia está investigando se o fugitivo é casado com alguma das envolvidas. "Provavelmente ele [ que conseguiu fugir da abordagem policial] é  marido de uma delas, mas não posso afirmar com toda certeza", finalizou. 

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com