Maranhão:Falsa notícia sobre carro com corpos de crianças assusta

Secretaria de Estado de Segurança Pública não confirmou.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) se pronunciou agora há pouco após circular nas redes sociais uma falsa notícia de que a polícia havia interceptado um caminhão com vários corpos de crianças sem órgãos na capital São Luis. Segundo a SSP,  não há nenhum registro e tudo não passou de um boato que se espalhou na internet.

A falsa notícia usa uma foto feita em 2013 sobre crianças mortas durante ataque com armas químicas na Síria. A outra foto usada na falsa notícia é uma imagem de uma blitz policial. Publicada na última terça-feira, a falsa notícia é uma nova versão de um boato que retorna às redes sociais de tempos em tempos.

A mesma história já foi publicada dizendo que o fato tinha ocorrido no México. Apesar disso, é possível ver nos comentários que muitas pessoas acreditam na falsa história.

Confira a notícia falsa!

Um caminhão foi preso em uma operação realizada pela polícia militar, que ao avistar o veículo pediu para o mesmo parar, para que eles pudessem avaliar a carga. Mas o motorista ficou nervoso e acelerou o caminhão. A Polícia perseguiu e ordenou que o motorista parasse. Ao verem o que tinha na carga, foram surpreendidos.

Foram encontradas várias crianças mortas. Imediatamente eles acionaram agentes especializados para transportar os corpos das crianças. Descobriu-se que as crianças mortas não tinham mais os órgãos.

A Polícia Militar do Maranhão conduziu o motorista de nome ”Javier Guzman Torres”. Guzman tem 38 anos de idade. Ele disse que não era que tinha matado as crianças, mas sim as mesmas havia sido morta em rituais de magia negra e foi contratado apenas para levar os corpos.

Ao chega na delegacia de policia, o mesmo disse ao delegado que foi contratado apenas para fazer o transporte e que receberia 3 mil reais. Segundo o motorista preso, os nomes dos responsáveis contratantes são de um grupo politico que tem muita influencia no estado e que não poderia citar nomes porque sua vida e de sua família estaria em risco. Suponhas-se que a quadrilha opera em diferentes países e fazem rituaus de magia negra. A Policia internacional foi acionada. O caso esta sendo investigado pela delegacia do São Cristóvão e as informações seguem em segredo de justiça."





Fonte: Com informações do G1