Mulher morre após ser espancada e arrastada no asfalto pelo marido

Vítima foi encontrada ferida na cama do casal

Daniela Costa Diniz, 29 anos, morreu após ser espancada e arrastada no meio da rua pelo companheiro, Jadson Moreira Silva, de 21 anos. A vítima chegou a ser socorrida com vida pela irmã, mas após alguns dias de internação não resistiu aos ferimentos e morreu.

A vítima foi encontrada na casa em que morava. O companheiro dormia ao lado dela, como conta a irmã de Daniela. — Pela manhã, eu recebi uma ligação de uma amiga minha me informando que ela tinha sido muito espancada à noite pelo companheiro. Eu encontrei ela de bruços, desacordada, nua e ele dormindo do lado dela, como se nada tivesse acontecido.

De acordo com testemunhas, no dia do crime, o casal saiu para uma festa e, ao retornar, Daniela teria sido espancada e arrastada pelo meio da rua. O suspeito teria usado um capacete e pedaços de madeira para bater na mulher.

Daniela e Jadson se conheceram há três anos em Penalva, no Maranhão, e haviam se mudado para uma cidade no interior do Pará. O casal costumava brigar e, segundo o pai da vítima, sempre chegavam histórias de desentendimentos e até casos de agressão por causa de ciúmes.

Há cerca de cinco meses, após a morte da mãe de Daniela, o casal havia voltado a morar em Penalva e as agressões continuaram. A família da vítima chegou a presenciar casos e até a chamar a polícia. Na ocasião, a filha impediu que o companheiro fosse detido.

Jadson foi preso em flagrante dentro de casa e não reagiu à prisão. De acordo com o delegado, ele conta que “surpreendeu a vítima o traindo”. No entanto, para a polícia, o suspeito é um homem agressivo que, durante uma discussão, agrediu a mulher até a morte.  Daniela deixou três filhos pequenos de um outro relacionamento.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com