Mulher que teve filhos mortos pelo pai em Porto Rico é internada

A brasileira está muito abalada com o caso.

A brasileira Marlene Martins, mãe das três crianças que foram mortas pelo pai em Porto Rico, está muito abalada e foi hospitalizada, segundo a imprensa local. Ela estava viajando e deixou os filhos com o marido que, segundo a polícia, matou os três filhos e se matou no quintal da casa onde viviam, na cidade de Ponce. As informações são do jornal “Primeira Hora”, de Porto Rico.

A prefeita da cidade, Maria “Mayita“ Melendez pediu ao povo que reze pela mulher, e disse que está oferecendo apoio para a família e para os colegas das crianças. “É uma situação muito lamentável, e isso reflete o grave problema de saúde mental pelo qual nosso país passa”, disse.

Segundo a TV “WAPA”, Marlene passou a noite na casa de amigos, mas acabou piorando nesta quinta-feira. A mãe deveria ir ao Instituto de Ciências Forenses (ICF) para identificar os corpos de seus filhos, de 10, 8 e 6 anos, mas deve delegar essa responsabilidade a outra pessoa.

O superintendente da polícia de Porto Rico, José Caldero Lopez, acredita que o pai, o americano Erik R Seguinot Ramírez, de 50 anos, matou os filhos. Anteriormente, ele já havia sido acusado de violência doméstica.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com