Mulher tenta entrar em presídio com fio de cobre na genitália

Mulher ainda estava com cabos e fones de ouvido

Nesta quarta-feira (22), a mulher de um detento que está preso em uma penitenciária na cidade de Martinópolis, em São Paulo, foi flagrada com diversos fones de ouvidos, cabos e quase 10 metros de fio de cobre flexível escondidos nas partes íntimas.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, o detector de metais da unidade prisional foi acionado quando chegou na altura da cintura da visitante.

O flagrante aconteceu durante o procedimento de revista. Assim que o detector anunciou a presença de algo dentro do corpo, a mulher confessou que havia em seu órgão genital um invólucro com diversos materiais.

Material encontrado nas partes intimas da mulher (Crédito: Reprodução)
Material encontrado nas partes intimas da mulher (Crédito: Reprodução)

Após retirar os objetos do corpo, ela foi conduzida à Delegacia da Polícia Civil, por funcionários da unidade, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência sobre o caso.

No invólucro havia 33 fones de ouvido avulsos, 17 cabos conectores para fones de ouvido e 9,60 metros de fio de cobre flexível

“Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade do preso que receberia os materiais, já que a visita é companheira do sentenciado que cumpre pena no local. Deve-se observar que pessoas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente excluídas do rol de visita”, informou a secretaria em nota.

A mulher foi liberada após o registro da ocorrência.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com