Operação por tráfico de drogas prende 4 mulheres no Piauí

Operação Sete Cidades prende 11 pessoas por tráfico de drogas

A Secretaria de Estado da Segurança Pública do Piauí, através da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes, Delegacia Regional de Campo Maior e do Núcleo de Inteligência da SSP-PI, com apoio da Polícia Militar deflagrou no início da manhã desta quinta-feira (27) a Operação Sete Cidades em cinco municípios do Estado e em Timon-MA para dar cumprimento a 36 mandados de prisão e busca e apreensão.

Até o momento 11 pessoas, sendo estão presas por tráfico de drogas e recolhidas à Delegacia Regional de Campo Maior. A ação policial aconteceu ainda em Teresina, Altos, Barras, Sigefredo Pacheco e Piripiri após investigação presidida pelos delegados Matheus Zanatta  e Hildson Leal com apoio da Delegacia de Campo Maior.

Entre os presos quatro são mulheres. Segundo o delegado de Campo Maior, Laércio Evangelista, as quatro mulheres se envolveram com o crime através de seus companheiros. “Os companheiros delas foram presos e elas assumiram o comando das ações criminosas”, destacou. Na operação foram apreendidas seis armas de fogo e um quilo de maconha.

“Esta operação teve início ano passado. Durante esse período os delegados fizeram interceptações e acompanhamentos com autorização da Justiça. Hoje encerramos dando cumprimento aos mandados, 11 deles de prisão. 10 pessoas foram presas e encaminhadas para Delegacia de Campo Maior. Aguardamos ainda resultado de outros municípios. Agradecemos o empenho das forças de segurança que, de forma integrada, dão resposta ao tráfico de drogas”, destacou o secretário de Segurança, Fábio Abreu, que comandou a ação policial em Campo Maior.

Para o coordenador da DEPRE, delegado Menandro Pedro, a Operação Sete Cidades foi bem sucedida. Ele destacou que várias prisões que aconteceram em 2015 na região de Campo Maior e, através do trabalho de investigação, foi possível agora fechar o cerco ao tráfico de drogas.

“Das prisões que fizemos ano passado, dois dos acusados foram executados nos presídios por rivais do tráfico de drogas. Ao longo de um ano e meio nossos policiais fizeram um trabalho eficiente de investigação e agora conseguimos fechar a Operação Sete Cidades com muitas prisões e apreensões de drogas e armas”, concluiu agradecendo o apoio da Secretaria de Segurança e do Núcleo de Inteligência da SSP-PI.

Fábio Abreu finalizou informando que todos os bens, como veículos e imóveis adquiridos através do tráfico de drogas serão solicitados à Justiça para uso do Estado. De acordo com o Secretário, esta é uma forma de desarticular as quadrilhas e ao mesmo tempo reverter para a sociedade bens que serviam ao crime.

Os presos serão levados para a Penitenciária de Esperantina e as mulheres serão trazidas para a Penitenciária Feminina de Teresina. A Polícia continua o trabalho de investigação para prender seis pessoas que encontram-se foragidas.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações da Secretária de Segurança
logomarca do portal meionorte..com