Paciente acusa funcionário de estupro em hospital de São Paulo

O criminoso já foi identificado e está foragido da polícia

Uma paciente de 43 anos, acionou à Polícia Civil afirmando que foi abusada sexualmente por um funcionário da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Santos, litoral paulista. O caso ocorreu nesta quinta (7).

Após receber atendimento médico, a paciente se dirigiu à farmácia da instituição para a colocação de um colar cervical. Sentindo fortes dores no pescoço, ela recebeu ajuda de um profissional de saúde, que a trancou em uma sala e a estuprou.

O criminoso já foi identificado, ele é casado e pai de duas meninas. A Fundação do ABC, organização que administra a UPA, deverá iniciar sindicância para investigar o caso. O estuprador está foragido.

Paciente acusa funcionário de estupro em hospital de São Paulo
Paciente acusa funcionário de estupro em hospital de São Paulo


Fonte: Com informações do Metrópoles
logomarca do portal meionorte..com