Padrasto é preso após espancar bebê de 2 meses com socos

A vítima foi internada com politraumatismo craniano.

Um homem foi preso na noite dessa quarta-feira (6) suspeito de espancar com socos o enteado de 2 meses de idade. A vítima foi encaminhada para o hospital com fratura no braço e politraumatismo craniano. O caso aconteceu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A polícia chegou ao agressor graças a um comunicado da unidade de saúde.

Em depoimento, Luis Cláudio de Moraes Gonçalves confessou o crime após negar, quando abordado no hospital, sobre a autoria das agressões e afirmou que o menino havia caído no chão. Em seguida, revelou que teria agredido o bebê porque estava angustiado por estar desempregado. Ele também culpou a companheira que ameaçou terminar o relacionamento se ele não arrumar um trabalho.

Segundo informações do G1, o suspeito responderá por responder por tentativa de homicídio qualificado contra criança. Já a mãe da criança foi autuada por registro falso de filho de outro como próprio. Ela assinou termo circunstanciado e foi liberada.


Fonte: Com informações do Noticias ao Minuto