Piauiense é acusado de participar do sequestro de empresário em SP

Vanderlandio Coelho Silva, 36 anos, natural de Castelo do Piauí.

Um homem identificado como Vanderlandio Coelho Silva, de 36 anos que é natural de Castelo do Piauí, está sendo procurado pela Polícia Civil de São Paulo, sob acusação de participação no sequestro do empresário Belarmino de Ascenção do ramo de transportes, que passou 31 dias em um cativeiro em Parelheiros-SP, após ser sequestrado no estacionamento de um restaurante, no dia 08 de outubro deste ano.

De acordo com a Delegacia Anti-Sequestro de Campinas (Deas), responsável pela investigação, Vanderlandio Coelho Silva e um comparsa de nome Fábio Luis da Silva,  também participaram da negociação com a família e estão sendo procurados em diligências.

Vanderlandio Coelho Silva eFábio Luis da Silva seguem foragidos (Crédito: Reprodução)
Vanderlandio Coelho Silva e Fábio Luis da Silva seguem foragidos (Crédito: Reprodução)

Na última segunda-feira, três homens foram presos por envolvimento no sequestro do empresário de 80 anos. Dois dos suspeitos estavam dentro de um carro em uma estrada  quando foram abordados. Eles indicaram onde estava o cativeiro, que fica em uma chácara na região de Parelheiros. No local, foram localizadas a vítima e outro criminoso.

Com os suspeitos presos os policiais encontraram duas armas de fogo, uma pistola 380 e um revólver calibre 38, além de R$ 6 mil em dinheiro.  No cativeiro, segundo a polícia, houve tortura e ameaças contra o empresário que não chegou a fazer o pagamento de fiança. 

"Durante um momento do sequestro, os criminosos entraram no quarto e ligaram uma motosserra, isso marcou bastante a vítima", afirmou Luís Segantin, que participou de uma entrevista coletiva, com atualização de informações sobre o caso. 

O piauiense Vanderlandio Coelho Silva e  Fábio Luis da Silva seguem foragidos. 

Fonte: Com informações do G1-SP
logomarca do portal meionorte..com