Polícia acredita que morte de músico foi execução

O enterro do artista está programado para este domingo às 11h

O delegado responsável pela investigação da morte do músico do grupo Swing Simpatia acredita que a principal linha de investigação do caso seja execução. Segundo Leandro Teixeira da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), a perícia conseguiu identificar 11 perfurações pelo corpo do surdista da banda, José Nicolau, de 44 anos, mais conhecido como Gu. As primeiras informações dão conta que os autores do crime estavam em um carro grande e preto:

O enterro do artista está programado para este domingo às 11h, no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu. O velório será feito na capela do cemitério e está marcado para começar às 9h.

Polícia acredita que morte de músico foi execução
Polícia acredita que morte de músico foi execução


O sambista Dudu Nobre lamentou a morte do amigo e disse que o mundo do samba amanheceu de luto:

"Estou arrasado com essa notícia. O Gu sempre foi um camarada muito tranquilo e de bem com a vida. Era uma grande pessoa e um excelente músico. Ele acabou sendo vitimado por essa violência desenfreada que tomou conta do no nosso estado", lamenta o sambista.

Fonte: Com informações do Extra