Polícia Civil identifica acusada de raptar criança em Picos

Mulher teria mudado de endereço após o crime

A Polícia Civil identificou a mulher acusada de ter raptado uma criança de dois anos em estabelecimento na cidade de Picos no último dia 07 de março. Após a repercussão do caso, a criança foi abandonada pela acusada em uma comunidade rural da cidade no mesmo dia.

De acordo com a delegada que investiga o caso, a mulher foi identificada, mas, não foi localizada porque teria mudado de endereço após o crime. A acusada deve ser intimidada a depor na Delegacia da Mulher de Picos assim que o novo endereço for encontrado pela polícia, que diz ter indícios de que a acusada continua morando na cidade.

Acusada em padaria com a criança (Crédito: Reprodução)
Acusada em padaria com a criança (Crédito: Reprodução)

Ainda segundo a Polícia Civil, a identificação da acusada foi possível após o recebimento de denuncias anônimas. 

O caso

A criança foi raptada após a acusada oferecer lanche para a mãe da menina, que estaria pedindo esmolas no centro de Picos. A mulher levou a criança a uma padaria de onde concretizou o rapto. As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram o momento em que a mulher leva a criança.

Fonte: Com informações do Picos 40 Graus