Polícia investiga estupro coletivo de adolescente durante festa

Exames médicos constataram agressão física.

A Polícia Civil de Artur Nogueira (SP) investiga um caso de estupro coletivo durante uma festa na zona rural da cidade. A vítima é uma adolescente de 17 anos, que registrou a ocorrência após ter conseguido fugir do local, segundo ela. A jovem passou por exames médicos que constataram sinais de agressão física.

Image title

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado por Guardas Municipais, o caso foi na madrugada de sábado (6). A menina estava em uma chácara no bairro São Bento, onde acontecia a festa. O crime ocorreu, segundo ela contou aos guardas, quando um garoto a empurrou para um quarto e outros dois rapazes também entraram no cômodo.

Dois deles eram conhecidos da jovem de outras festas, mas o outro não, segundo ela. Um dos rapazes a encapuzou e os três praticaram atos sexuais com ela, segundo o relato dos guardas à polícia.

A menina contou aos guardas que ingeriu bebida alcóolica antes da festa e que não tinha relacionamento com os envolvidos. Ela conseguiu fugir do local depois de quebrar uma janela e pegar um pedaço de vidro, segundo o depoimento.

O caso será investigado na Delegacia de Polícia de Artur Nogueira como estupro e ato infracional.

Exames mostram agressão

A adolescente foi encaminhada para o hospital municipal, onde fez exames médicos.O receituário constatou a presença de escoriações superficiais na região dorsal, além de hematomas e ferimentos no antebraço da menina.

Ela foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para a relaização de exames específicos na região genital.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com