Polícia prende ex-delegado suspeito de estuprar a própria neta

O crime teria acontecido em setembro de 2014.

O ex-delegado Moacir Rodrigues de Mendonça foi preso na quinta-feira (20) em Itu, em São Paulo. Ele foi condenado a 18 anos e 8 meses em regime fechado pelo crime de estupro contra a sua própria neta. O crime teria acontecido em setembro de 2014, em um hotel na cidade de Olímpia (SP).

Os dois foram até a cidade passar um fim de semana no local. O convite partiu do avô, na época com 62 anos.  O combinado era de que ele iria com a neta, a irmã dela e uma irmã dele, mas na última hora ele decidiu viajar só com a menor, que na época tinha 16 anos.

O mandado de prisão foi expedido na última terça-feira (18) pela Vara Criminal de Olímpia. O advogado de defesa de Moacir disse que ele foi levado para o presídio da Polícia Civil em São Paulo. O ex-delegado ainda pode recorrer do caso, que corre em segredo de Justiça.

Em 2016, o Ministério Público recorreu ao Tribunal de Justiça da sentença que absolveu o delegado. A mãe da adolescente também pediu para a advogada da família contestar a decisão do juiz de Olímpia.

 Moacir Rodrigues de Mendonça
Moacir Rodrigues de Mendonça



Fonte: Com informações do G1