Polícia prende idosa de 62 anos e comparsa que vendiam drogas

A senhora já tem quatro passagens pela polícia

Uma idosa conhecida como Vovó do Pó foi presa em flagrante quando vendia drogas na praça da Cruz Vermelha, no centro do Rio de Janeiro. No momento da prisão, ela ainda tentou subornar os agentes. 

Maria de Fátima Rosa de Jesus, de 62 anos, é apontada pela polícia como uma traficante experiente e muito procurada no bairro da Lapa.

A senhora já tem quatro passagens pela polícia, e já havia sido condenada por lesão corporal e tráfico de drogas, crime pelo qual teve que passar dez anos na prisão.

Agentes da operação Lapa Presente chegaram até a suspeita após denúncias de que a idosa atuava como traficante na região. Sem chamar atenção, policiais se posicionaram na praça para observar a movimentação no local.

Polícia prende idosa de 62 anos e comparsa que vendiam drogas
Polícia prende idosa de 62 anos e comparsa que vendiam drogas


Um vídeo gravado no momento da prisão mostra a Vovó do Pó confessando o crime e relatando onde conseguia as drogas para revender. Ela também aparece tentando negociar com os agentes oferecendo dinheiro para ser liberada.

Depois de não conseguir nada com os policiais, a idosa levou os agentes até um comparsa. Walter Galdino Batista, o Capitão Gancho, de 47 anos, também ex-presidiário, foi detido em flagrante em um sobrado. Com ele, os PMs apreenderam o dinheiro que seria usado para pagar a propina e mais de cem papelotes de cocaína.

Capitão Gancho vai responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas. A Vovó do Pó responderá pelos mesmo crimes e por corrupção ativa, pela tentativa de suborno.

Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com