Polícia prende suspeito de participar da morte de comandante no Rio

Suspeito era o condutor da moto que levava um dos assassinos

O serviço reservado do 3º BPM (Méier) prendeu nesta segunda-feira (30) um homem suspeito de ter participado do assassinato do comandante do batalhão, coronel Luiz Gustavo Teixeiran na última quinta-feira (26). 

Richard Soares Faustino, de 24 anos, foi detido no Complexo do Lins e, em seguida, foi levado por militares para a Delegacia de Homicídios, da Polícia Civil.

O coronel Luiz Gustavo Teixeira era comandante do 3º BPM (Méier), e morreu após ser baleado por criminosos dentro de um veículo. Ao ser atingido no peito por um disparo de pistola, ele foi levado  para o Hospital Salgado Filho, onde passou por uma cirurgia, mas não resistiu.

Richard Soares Faustino foi preso
Richard Soares Faustino foi preso


Segundo informações da polícia, o suspeito era o condutor da moto que levava um dos assassinos. As investigações indicaram quatro bandidos tiveram envolvimento no crime: dois estavam numa moto e outros dois num carro.

Luiz Gustavo Teixeira foi enterrado na sexta-feira (27), com honras militares. O sepultamento ocorreu no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste. Policiais militares de vários batalhões e representantes da sociedade civil foram prestar as últimas homenagens ao coronel.




Fonte: G1
logomarca do portal meionorte..com