Policial civil é morto após tentativa de assalto no Rio de Janeiro

Os assaltantes teriam chegado ao local do crime em dois carros

O policial civil Alexandre Corrêa, de 32 anos, foi morto a tiros, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, no fim da noite desta terça-feira. O agente estava acompanhado da mulher, quando, de acordo com testemunhas, foi abordado por criminosos na esquina da Rua Figueira de Melo com a Avenida Pedro II, pouco depois das 23h. Ele reagiu à tentativa de assalto e foi baleado. O policial, lotado na 62ª DP (Imbariê), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi atingido no peito e na perna, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo testemunhas, o casal havia deixado o veículo em que estavam, modelo Mercedes, estacionado na Rua Figueira de Melo, e pegariam um Uber para ir a um evento, quando foram abordados pelos bandidos neste momento. O agente, que estava armado, reagiu e trocou tiros com os criminosos. A mulher nada sofreu.

Policial civil é morto após tentativa de assalto no Rio de Janeiro
Policial civil é morto após tentativa de assalto no Rio de Janeiro


Os assaltantes teriam chegado ao local do crime em dois carros. Um dos veículos, modelos CRV, bateu em um poste na Avenida Pedro II, durante a fuga. Moradores contaram que deste automóvel saíram quatro homens, vestidos com camisas brancas, e escaparam a pé. O carro envolvido na batida, conforme informou a polícia, havia sido roubado na noite desta terça-feira, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Policial civil é morto após tentativa de assalto no Rio de Janeiro
Policial civil é morto após tentativa de assalto no Rio de Janeiro


O caso está sob a investigação da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital. Agentes da especializada estiveram no local do crime e realizaram a perícia. O corpo da vítima foi removido já no início da madrugada desta quarta-feira.

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com