Policial Militar morre após ser espancado por vizinhos no Piauí

A família pede Justiça sobre o caso.

Nesta terça-feira (03/10), o policial militar aposentado Ladislau Rocha de Abreu, de 81 anos, veio a óbito após 31 dias na UTI do Hospital Santa Maria, em Teresina. De acordo com a família da vítima, Ladislau foi agredido com chutes e murros no bairro Santa Cruz, no município de Campo Maior no último dia 30 de agosto.

Segundo Eliane Abreu, filha do policial, três pessoas estão envolvidas no caso, todas elas são vizinhas da vítima. “Nós ficamos sabendo que essas pessoas que fizeram isso com meu pai já tem passagens pela polícia, um deles é conhecido por ‘Barrosinho’. Após a agressão a gente foi na delegacia registrar um boletim de ocorrência, eles nos informaram que estavam apenas esperando a ordem do juiz para efetuar a prisão dos acusados mas nada foi feito. Queremos Justiça, não pode ficar impune. Meu pai passou 35 anos trabalhando como policial, não pode morrer dessa forma”, declarou.

“Eles me prometeram que em 30 dias, dariam a ordem de prisão aos envolvidos. Mas a noticia que nós temos é que eles andam bebendo e esnobando da cara dos familiares” acrescentou.

Policial morreu após ser agredido (Crédito: Reprodução)
Policial morreu após ser agredido (Crédito: Reprodução)
Filha da vítima pede Justiça (Crédito: Reprodução)
Filha da vítima pede Justiça (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Portal Fato
logomarca do portal meionorte..com