Policial morre após ser atropelado em operação policial no Rio

Policial tentava abordar suspeitos quando foi atropelado

O soldado da Polícia Militar Alex Francisco de Carvalho morreu na noite de ontem (22) depois de ter sido atropelado por uma motocicleta na zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

O policial participava de uma operação na Avenida Leopoldo Bulhões, que corta a comunidade de Manguinhos, quando se deparou com uma moto que levava dois homens. Segundo a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), Carvalho ordenou a parada do veículo, mas o motorista não atendeu e o atropelou.

Alex Francisco de Carvalho (Crédito: Reprodução)
Alex Francisco de Carvalho (Crédito: Reprodução)

A dupla foi presa por outros policiais que participavam da operação. Um deles é um jovem de 17 anos, que conduzia a motocicleta. Um terceiro homem também foi preso suspeito de tentar roubar a arma do policial que tinha acabado de ser atropelado.

De acordo com a Polícia Militar, os presos são da favela do Rato Molhado, que fica próxima às comunidades de Manguinhos e do Jacarezinho. Um deles tinha um mandado em aberto por tráfico de drogas. A moto que atropelou o policial era roubada. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

O enterro do policial, que tinha 34 anos e estava há cinco anos na PM, será amanhã (24), às 14h30, no Cemitério Jardim da Saudade, na zona oeste do Rio.

Fonte: Com informações da Agência Brasil