PRF é preso em Campo Maior e encaminhado para Polícia Federal

O policial irá prestar depoimento na Polícia Federal.

Um policial rodoviário federal identificado apenas como Eraldo de Castelo Brandão foi preso na manhã desta quinta-feira, dia 28 de setembro, no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Campo Maior, no momento que estava trabalhando.

A Corregedoria da PRF informou, por meio de nota, que o policial é acusado de irregularidade funcional, sem repassar maiores detalhes relacionados ao caso. O PRF foi encaminhado para sede da Polícia Federal na Capital, onde presta depoimento ainda hoje sobre as acusações.

PRF foi candidato a vereador (Crédito: Facebook)
PRF foi candidato ao cargo de deputado (Crédito: Facebook)

Eraldo de Castelo Brandão foi candidato ao cargo de vereador nas eleições municipais de Teersina em 2016, mas não conseguiu se eleger. Em 2014, ele se candidatou ao cargo de deputado estadual e não foi eleito. 

Confira a nota na íntegra!

Nota de Esclarecimento

A Corregedoria de Polícia Rodoviária Federal prendeu nesta manha de quinta-feira (28) no Posto de Campo Maior um PRF, onde trabalhava, pela prática de irregularidade funcional. A Corregedoria ainda está fazendo os procedimentos, ouvindo o depoimento do Policial e, na parte da tarde, após a conclusão de todos os procedimentos a Polícia se manifestará com mais esclarecimentos do caso.

Grato,

Barros Filho

Núcleo de Comunicação Social

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com